• Feira Oitocentista 

    Realização da Feira Oitocentista

  • A Casa do Moleiro

    Construída no espaço de umas pocilgas, onde se alimentavam porcos com as sobras do cereal moído na azenha e com os legumes produzidos nos campos adjacentes, foi inaugurada e aberta ao público a 26 de Abril de 2009, com a presença dos três últimos moleiros, a quem prestámos uma pequena homenagem.

  • Recuperação da Azenha

    Este projecto da Azenha que não passa só pela recuperação do edifício e dos engenhos, mas também por um atelier de experimentação e de um centro interpretativo da actividade, levará mais ou menos tempo a concretizar, dependendo do apoio de todos (autarquias, empresas, sócios, população em geral).